Seja Mais Criativo e Cresça Profissionalmente.
por Laerte Galesso

Muita gente associa a criatividade apenas com as atividades artísticas, achando que, se não tiver o tal “dom” artístico, não consegue ser criativo para mais nada.

Isso é um grande equivoco, pois a criatividade pode (e deve) ser aplicada em praticamente todas as atividades que o ser humano desempenha. A elaboração de um delicioso prato; a manutenção da casa com o orçamento do mês; a gestão de uma empresa, a criação de um novo aplicativo, entre tantas outras, são atividades que não tem uma relação direta com a arte, mas exigem uma grande dose de criatividade. 

É obvio que o desenvolvimento da criatividade tem muita relação com o fazer artístico, mesmo que o individuo não vá necessariamente exercer uma carreira artística. Atividades como desenho, pintura, escultura, fotografia e técnicas de como explorar a criatividade ajudam a ampliar a mente e o conhecimento, melhora a autoestima, colabora na sociabilidade e nas habilidades manuais, além de colaborar no enfrentamento de novos desafios. Estes aspectos são importantes, pois uma pessoa mais autoconfiante, corajosa, segura e descontraída poderá desenvolver suas atividades, com mais criatividade em qualquer campo profissional. 

Pesquisas recentes mostram que, com a evolução tecnológica, os robôs estão cada vez mais tomando o lugar dos humanos em muitas tarefas. E a tendência é que, daqui para frente, as tarefas manuais repetitivas sejam desempenhadas por máquinas, afetando e transformando rapidamente o mercado de trabalho. Isso vai tornar cada vez mais obsoletos os operários tradicionais. Assim, quem não souber como “lidar” com as máquinas ou não tiver criatividade para desempenhar atividades que elas não conseguem fazer (criar), ficará fora do mercado.

A criatividade surge, então, como uma opção de carreira, pois as atividades que a inteligência artificial não pode desenvolver são justamente aquelas ligadas a arte, design, arquitetura, publicidade, cinema, teatro, moda, fotografia, desenvolvimento de softwares, eventos, entre outras. A criatividade será imprescindível também para profissões que ainda vão surgir, em função dessas transformações.

A criatividade aparece mais justamente nos momentos de maior dificuldade, quando somos desafiados e obrigados a sair da chamada “zona de conforto”. A história traz muitos exemplos de como o homem mostra sua criatividade, quando a necessidade aumenta. Por exemplo, quando surgiu a Fotografia, por volta de 1830, muita gente achava que a Pintura iria acabar, pois, ela era usada para retratar as épocas. No entanto, os artistas, livres desse encargo, partiram para novas descobertas e desencadearam todos os movimentos artísticos de século XX, até a Arte Contemporânea. Outro exemplo é que, graças aos esforços de guerra, hoje temos o computador e a Internet.

Mas, se podemos mostrar nossa criatividade, por que esperar que a coisa aperte? Comece hoje a desenvolver sua criatividade, pois ninguém se torna criativo da noite para o dia. A criatividade deve ser praticada diariamente, por isso, faça cursos de especialização, leia muito, pesquise na internet, participe de eventos, visite museus, converse com profissionais experientes e aprimore os seus sentidos.

Laerte Galesso
Professor de Arta e Design e diretor da ABRA - Academia Brasileira de Arte

   
Design: Estúdio 196