Terapia sem remédios!
por Laerte Galesso

É muito importante cuidar da saúde, tanto física quanto mental. Mas, na vida agitada das grandes cidades, nem sempre conseguimos nos livrar do estresse do dia a dia. Homens e mulheres passam boa parte de suas vidas se dedicando à família, aos filhos e ao trabalho, sem conseguir encontrar um “momento só seu” fazendo algo que, realmente, sentem prazer. O tempo passa e vem aquela frustração e muitos acabam no divã do terapeuta.

Por isso, é preciso conciliar os afazeres do dia a dia com uma atividade que se gosta de fazer e dedicar um tempo da semana só para si.

Para aqueles que não gostam muito de “malhar” numa academia, uma ótima opção é fazer um curso de arte, desenho, pintura ou fotografia, aliado a caminhadas e exercícios leves junto à natureza, que é uma ótima fonte de inspiração e bem estar. Atividades, como desenho, pintura - que pode ser óleo, acrílica ou aquarela - funcionam como ótima terapia, pois além de aprender as técnicas, ampliar seus conhecimentos sobre história da arte, você vai se sentir mais produtivo e interagir com pessoas sensíveis e pode acabar descobrindo um talento que estava adormecido. Por que não?

A grande maioria de minhas alunas é constituída por jovens senhoras que passaram grande parte de suas vidas se dedicando ao marido, aos filhos e começaram a pintar por hobby e acabaram se descobrindo através da arte.
E esqueça o mito de achar que não tem dom para atividades relacionadas à arte. Depois de mais de 30 anos lecionando arte e design, eu posso garantir que todo ser humano pode desenvolver seu potencial artístico, basta um pouco de coragem e dedicação.

É bom deixar claro que não tenho nada contra a terapia tradicional. Buscar a ajuda de um especialista é sempre recomendável, quando não estamos bem. Eu mesmo fiz terapia durante um tempo e foi muito importante naquele momento. No entanto, os próprios profissionais da área recomendam que seus pacientes busquem alguma atividade, na qual se sintam produtivos, como forma de auxilio às seções do divã.

A Arte tem esse poder transformador.

Laerte Galesso
Professor de Arte e Design e diretor da ABRA – Academia Brasileira de Arte 



   
Design: Estúdio 196