5 razões para crianças lerem histórias em quadrinhos - ABRA Academia Brasileira de Arte -

Histórias em quadrinhos podemos dizer que são uma diversão sem limite de idade, mas elas têm um valor especial para as crianças. Isso porque em muitos casos são o primeiro contato delas com a leitura e isso é algo mais importante do que muitos pais imaginam. Hoje vamos trazer 5 motivos pelos quais os pais devem incentivar os filhos a lerem mais HQs 

1 – Histórias em quadrinhos como facilitador na alfabetização 

As HQs são de modo geral uma narrativa que junta o lado escrito com imagens, diferente dos livros que trazem apenas os textos. Como a criança ainda está no processo de alfabetização, ainda conhecendo as palavras, o fato das figuras trazerem o que está acontecendo ali, ajuda no processo de dedução delas. 

Juntamente com a dedução vem a associação, em que a criança passa a ligar determinada palavra ao seu objeto correspondente, de forma muito mais simples do que faria se fosse apenas um texto escrito. Por fim é importante destacar que a própria curiosidade dela em entender o que está acontecendo através dos balões, será um incentivo a mais para que ela queira aprender a ler. 

2 – Ajuda na formação do leitor 

A ideia no processo de formação do leitor (que futuramente servirá para todo tipo de leitura, inclusive notícias) é que ele seja capaz de ler, compreender e interagir com a leitura. Tal definição inclusive faz parte dos parâmetros curriculares nacionais (PCN). 

Os quadrinhos trazem isso para alguém que ainda não domina a leitura e escrita do alfabeto de outras formas. Por exemplo: as imagens, expressões dos personagens, onomatopeias, metáforas visuais, fazem com que a criança consiga ter uma interpretação bem satisfatória daquilo que está lendo.  

3 – Estimular a leitura de imagens 

Essa é uma competência importante desde sempre, mas especialmente nos dias de hoje em que a comunicação através de imagens é cada vez mais frequente. Afinal, elas têm um modo próprio de serem “lidas”, muitas vezes fazendo referências, se usando do simbolismo, entre outras coisas. 

Além disso, o próprio estilo dos quadrinhos (a arte sequencial), estimula também a imaginação, pois a criança precisa fazer mentalmente a passagem entre cada quadro. Isso ajuda a desenvolver diferentes habilidades de leitura, possibilitando a ela compreender sequências de figuras como vemos em murais em igrejas, em exposições históricas etc. 

4 – Facilitar o entendimento de recursos linguísticos

As histórias em quadrinhos fazem uso de diversos recursos linguísticos que vemos ao longo de nossa vida. Por exemplo: temos a ironia, metáfora, hipérbole, antítese, entre outros. Só que ao invés de termos eles apenas escritos, lá temos o auxílio de imagens para elucidar melhor a ideia. 

Isso é especialmente importante para fazer da criança um leitor mais versátil e que não levará tudo ao pé da letra. Ou seja, será capaz de ler um texto irônico e entender que ele se vale de recursos linguísticos para trazer uma crítica ou mesmo uma variação narrativa, no caso de histórias de ficção. 

5 – Histórias em quadrinhos auxiliam no interesse pela arte 

O próprio caráter lúdico de muitas HQs, com muitas cores fortes e aquelas com traços mais simples (no caso das voltadas para o público infantil), trazem o interesse da criança pela arte e o desenho. Além da familiaridade, como aqueles desenhos são simpáticos à criança, faz com que ela queira representá-los também quando vai fazer uma atividade artística. 

Para além do desenho, podemos observar também a questão da pintura, em que a criança se sente mais atraída quando lhe oferecem a chance de pintar seus personagens favoritos. Juntamente com isso, incentiva a capacidade criativa dela. A razão é que ela não apenas tenta imitar as cores do personagem, mas sim colocar sua própria visão artística em relação a ele. 

Cursos de arte para crianças na ABRA

A ABRA tem uma série de cursos de artes voltados para crianças. Conheça agora mesmo o curso de Quadrinhos e Mangá Jr e faça a matrícula agora mesmo!