Enviando Formulário...

A indústria de games já é um dos segmentos que mais faturam no mundo. Mesmo com todos os problemas, o Brasil consegue melhorar a cada ano seu desempenho com a criação de jogos, como destaca a própria Abragames. E depois dos títulos de entretenimento, os educacionais são aqueles mais produzidos no país.

Apesar de muitos sempre pensarem em grandes títulos como Minecraft e Roblox, os jogos indie para o público infantil são um nicho que ganha muita força ano a ano. Além do crescimento por conta da pandemia, a própria era digital, em que as crianças desde cedo já têm contato com equipamentos eletrônicos, fazem com que este seja um nicho muito promissor a ser explorado pelos desenvolvedores

Qual o cenário atual do investimento na indústria de games no Brasil? 

Vamos primeiro olhar um pouco mais a fundo como o país lida com sua indústria. Talvez o principal problema para o país seja a forma de investimentos, já que 46% das produtoras dependem de recursos próprios.

Além do acesso restrito aos recursos públicos, as publicadoras internacionais investiram apenas em 16% das empresas pesquisadas. Já as demais opções de investimento privado, como editais privados, aceleradoras, financiamento colaborativo virtual, entre outros, não atingem nem 10% das empresas.

Dentro de uma questão tão complexa, o lado positivo é observar o aumento de investimento via produtoras internacionais. Além disso, leis de incentivo à cultura como a “Lei Paulo Gustavo”, podem melhorar no futuro o acesso a recursos públicos.

O aumento ano a ano de estúdios no país 

Apesar de parecer um cenário ingrato, podemos ver que as produtoras brasileiras seguem crescendo ano a ano. Por exemplo: atualmente, 85% dos estúdios brasileiros já estão formalizados. E desse total de estúdios, 17% já existem há mais de 10 anos e outros 19%, há menos de dois anos.

Ou seja, podemos ver que os estúdios brasileiros conseguem atingir uma estabilidade, com boa parte deles funcionando há mais de dois anos. Isso mostra como cada vez mais as pessoas consomem games brasileiros no Brasil e no mundo.

Games como elementos educativos 

Uma das grandes possibilidades dos jogos brasileiros é de poderem se valer do elemento educativo como forma de atingirem um maior público.

Só que isso não significa apenas títulos com elementos lúdicos, mas também usar a rica cultura brasileira como pano de fundo. Isso pode se tornar uma opção para o ensino em escolas ou até mesmo para que as crianças e jovens busquem conhecer mais sobre heróis, produções ou fatos históricos do país.

Trouxemos alguns ótimos exemplos de títulos que conseguiram mesclar bem o elemento cultural com o entretenimento.

1 – Árida: Backland’s Awakening 

O primeiro da lista nos traz um game 3D de sobrevivência que coloca a fome como um dos principais antagonistas na jornada de Cícera. E o objetivo da protagonista é atravessar o sertão sozinha em busca do Arraial de Canudos, ou “a terra onde os sonhos habitam”.

Aqui temos um dos primeiros elementos históricos: o destino. Isso porque, o local almejado por ela é justamente onde ocorreu um dos maiores massacres da história do país, decorrente da Guerra de Canudos, que aconteceu entre novembro de 1896 a outubro de 1897.

O título é de 2019 e feito por uma produtora baiana, Aoca Game Lab. Em Árida o jogador precisará trabalhar a captação de recursos e a utilização de uma série de ferramentas para sobreviver no sertão brasileiro do século XIX.

E por se ambientar nessa época que temos o elemento histórico, pois justamente um dos motivos que culminaram no massacre em Canudos foi a seca devastadora que conseguiu arruinar determinados locais, o que forçou muitos habitantes a saírem dali em busca de melhores condições de vida.

2 – Dandara: Trials Of Fear 

Cena em que Dandara encontra estátua inspirada em o Abaporu

Talvez um dos títulos de maior sucesso desta lista, o jogo Dandara é um prato cheio para estimular a curiosidade das crianças e jovens sobre a cultura brasileira.

O jogo segue o estilo “metroidvania” (para quem não conhece, são títulos baseados no clássico da Nintendo, Super Metroid) e os desenvolvedores do estúdio mineiro Long Hat House buscaram pegar o sistema de jogo que desejavam usar e a partir dele inserir os elementos da cultura brasileira.

Primeiramente temos a protagonista, Dandara dos Palmares, a heroína histórica brasileira e mulher de Zumbi dos Palmares. Na história, temos um mundo fictício comandado por um tirano que está à beira do colapso. E a missão dela é justamente lutar contra essa opressão, além de resgatar aqueles que estão sendo oprimidos por ele.

Além de se valer deste pano de fundo para explicar a luta contra a escravidão, temos muitos outros elementos interessantes no jogo. Por exemplo, uma estátua imensa do Abaporu (que tem o nome de

Tarsila), nomes de ruas, elementos que remetem tanto ao período colonial, como ao atual e até personagens conhecidos.

Tudo isso pode ser um bom elemento para levar os jogadores a buscarem informações e a conhecer e aprender sobre tudo aquilo que estão vendo dentro do título.

Aprenda sobre Ilustração Digital na ABRA

Você tinha noção do cenário atual dos games no Brasil? Conhecia os títulos que exploram a cultura brasileira como um elemento educativo? Você se interessa em criar ou até mesmo trabalhar nesta área? Então, te convidamos a conhecer nosso curso presencial de “Ilustração Digital“. Nele você irá aprender os principais conceitos e técnicas de ilustração com a mesa digitalizadora, através dos programas Adobe Illustrator e Adobe Photoshop, tanto individualmente quanto em conjunto. Além de Artistas gráficos, estudantes de Design, Ilustração, Moda, Quadrinhos, ele também pode ser importante para aqueles que querem criar jogos em plataformas 2D, como são a maioria dos títulos independentes hoje.

Importante: a ABRA não disponibiliza a mesa digitalizadora.

Acesse o Link e saiba mais!

Autoria: Departamento de Pesquisa e Cultura ABRA

×

Curioso(a) para desvendar os segredos da Inteligência Artística? Nosso e-book exclusivo, "EXPLORANDO O MUNDO DA IA - INTELIGÊNCIA ARTÍSTICA," está repleto de insights e conhecimentos profundos sobre como a IA está transformando o cenário artístico.

Queremos compartilhar esse tesouro de informações com você!

Basta preencher o formulário abaixo para baixar o e-book e começar a jornada de descoberta:

Mas espere, há mais! Além de receber seu e-book, convidamos você a mergulhar em nossos cursos que abrangem a interseção empolgante entre a criatividade e a IA. Prepare-se para expandir seus horizontes e criar de maneira inovadora.

Não perca a oportunidade de explorar a IA e suas possibilidades artísticas. Preencha o formulário e desbloqueie o acesso ao e-book e ao mundo de criatividade que o espera!

×

Regulamento da Campanha – ABRA.ia – Inteligência Artística

ABRA IA – Inteligência Artística

Em uma era digital mergulhe na sua criatividade
Período 01/08/2023 até 30/09/2023

 

1. Bolsas de estudo integrais para indicações:

Os participantes que comprarem um curso presencial e indicarem outra pessoa que também efetuar a compra de um curso presencial serão elegíveis para receber uma bolsa de estudo integral para um curso rápido de sua escolha de acordo com disponibilidade de vagas e datas de início.
Tanto o participante que realizou a indicação quanto o indicado à bolsa de estudo. A bolsa de estudos será concedida após a confirmação do pagamento e matrícula dos dois participantes indicados. Os ganhadores receberão um comunicado da escola informando a disponibilidade da bolsa, assim como os cursos disponíveis e datas de início para a escolha. 

 

2. Compre e Leve: curso de História da Arte online:

Os participantes que adquirirem o Kit de material da ABRA terão como brinde um curso online de História da Arte. O curso online será disponibilizado em até 3 dias úteis após a confirmação do pagamento do Kit de material, a) caso a aquisição seja de um curso de história da arte, deve ser oferecido outro curso equivalente.

 

3. Desconto de 60% em todos os cursos online:

Durante o período da campanha, todos os cursos online terão um desconto de 60% sobre o valor regular.Os participantes poderão se inscrever em quantos cursos online desejarem com o
desconto aplicado. 

 

4. Compre um curso e ganhe outro:

Os 200 primeiros participantes que adquirirem cursos online, terão como brinde acesso a um segundo curso à sua escolha que deverá seguir alguns critérios que são: a) é limitado a 1 curso por pessoa b) a campanha se estenderá até atingir o número de pessoas da estipulado, não tendo prazo definido para encerramento c) caso no período de 60 dias correspondentes a campanha não atinja a quantidade de 200 participantes todos que adquiriram serão contemplados d) é de responsabilidade do participante acompanhar seu e-mail para receber as informações relativas à campanha e) a ABRA não se responsabiliza com a perda de informações enviadas f) o participante que não enviar a opção de curso até a data estabelecida terá seu benefício cancelado. g) o e-mail solicitando a escolha do seu próximo curso será enviado em até 7 dias úteis após a confirmação do pagamento do primeiro curso, através do e-mail disponibilizado na hora da compra h)O acesso ao segundo curso só será disponibilizado após o envio da escolha do curso que siga os critérios descritos neste parágrafo. i) o
prazo para receber o acesso dos cursos é 30/09/2023 j) lista com todos os ganhadores será disponibilizada apenas no fim da campanha. É de responsabilidade do participante acompanhar seu e-mail para receber as informações relativas à campanha. O prazo de resgate da oferta é de 60 dias.

 

5. Bolsa integral de curso online para ação social:

A cada curso presencial adquirido, a ABRA vai disponibilizar uma bolsa integral do curso online História da Arte para um aluno matriculado na rede estadual de ensino médio. A seleção dos alunos beneficiados será realizada em parceria com instituições de educação parceiras. As bolsas serão disponibilizadas ao final da campanha para a instituição de ensino escolhida.