Enviando Formulário...

Provavelmente você já deve ter visto em algum lugar a obra “O Grito”, seja ela própria ou alguma referência à mesma. Pintada pelo norueguês Edvard Munch, ela é considerada como a obra que deu início ao expressionismo. Apesar de hoje ser tratada como uma das principais obras deste movimento, no início ela não recebeu tal reconhecimento.

O grito e a relação com a saúde mental de Edvard Munch 

As críticas foram muito duras com o artista na época. Essa obra fazia parte de uma série de seis outras obras, chamado “Amor”.  Ela era a última do conjunto e, de acordo com o próprio Munch, o desespero seria “o resultado final do amor”.  Duas declarações merecem destaque aqui:

  • Primeiramente Johan Scharffenberg, estudante de medicina, afirmou que o pintor “não estava bem do juízo” e que tal obra poderia ser um indício que o pintor era propenso a alucinações. Sendo assim, ele deveria ser internado e proibido de pintar;
  • Depois o crítico de arte Henrik Grosch disse que o quadro era prova que não deveriam considerar Edvard Munch “um homem sério com um cérebro normal”.

Tais críticas abalaram o artista, pois ele tinha parentes próximos com problemas mentais, inclusive o próprio pai. Ele chegou inclusive a ser internado em 1908 em uma clínica após um colapso nervoso (a exposição em questão, foi em 1903).

As diferentes versões da mesma obra: O Grito e suas quatro artes 

Uma peculiaridade dessa obra é que ela possui quatro versões: a de 1893 (mais famosa), outra de 1893, uma de 1895 e a última de 1910. Agora falaremos da obra principal e depois traremos as diferenças das demais.

Primeira versão de “O Grito” – 1893 

o grito

Esta foi pintada em óleo e pastel sobre cartão. Para começar, a figura de destaque é uma pessoa andrógina (não se sabe se é homem ou mulher), de formas distorcidas, mostrando claro sinal de desespero.

O contraste dela com as duas outras pessoas presentes na ponte é nítido, pois ambas foram pintadas sem distorções. Destaque para o fato de ambas estarem de costas, como se ignorassem o desespero da primeira.

Vemos dois barcos ao fundo, no que parece ser um lago. A curiosidade fica para a forma como ele misturou a paisagem: água e natureza parecem se juntar e formar uma grande onda. Por fim o céu, que com cores fortes em vermelho laranja e amarelo, buscam trazer um sentimento sufocante (ou aterrorizante).

Segunda versão – também de 1893 

o grito

Esta foi pintada com lápis de cor, mas para muitos é considerada a menos acabada dentre todas. Ela mostra inclusive sinais de desbotamento. Aqui os homens da ponte estão de lado, olhando algo na paisagem. Não vemos os barcos, mas é a primeira que temos os olhos da pessoa em destaque aparecendo de forma mais clara.

Terceira versão – 1895 

Aqui temos Pastel sobre cartão e que traz algumas diferenças, como os olhos nítidos da pessoa em destaque. Temos uma mudança de cenário, pois um dos homens se apoia na ponte, como se estivesse pensativo ou lamentando. Enquanto isso, o outro olha na diagonal, para apenas um barco presente na obra.

Quarta versão – 1910 

Esta é a mais parecida com a original, mas produzida em têmpera sobre cartão. Alguns ainda citam que a imagem em destaque parece mais fantasmagórica, pois mostra os globos oculares sem a exata marcação dos olhos.

Curiosidades 

Por Fim, a obra traz alguns fatos curiosos, confiram:

  • Como muitas obras do modernismo, ela aparece muito na cultura pop, em filmes ou desenhos. Entretanto no caso dela, o rosto gritando serviu como inspiração para a máscara da série de filmes “Pânico”;
  • Das quatro obras, três estão na Galeria Nacional de Oslo. Apenas a de 1895 encontra-se com um colecionador particular;
  • A obra de 1910 conta com a seguinte frase: “Só poderia ter sido pintada por um louco!” Havia o mistério se tal texto era de fato de Edvar Munch ou se alguma outra pessoa o teria escrito. Mais de um século depois (em fevereiro de 2021), através de diversos estudos de especialistas, confirmou-se que de fato foi o pintor que a escreveu. Segundo os mesmos estudiosos, pode ser uma ironia dele aos que desmereceram “O Grito” em sua primeira exposição.

Aprenda pintura na ABRA

Gostou deste quadro? E que tal se fosse possível fazer um curso acadêmico completo, com acompanhamento individualizado, no conforto e segurança de sua casa? O curso “Pintura Acadêmica: Formação Completa” da ABRA é o mais completo no mercado.

Conheça agora mesmo os benefícios e metodologia do curso clicando aqui e faça sua matrícula agora mesmo!

×

Curioso(a) para desvendar os segredos da Inteligência Artística? Nosso e-book exclusivo, "EXPLORANDO O MUNDO DA IA - INTELIGÊNCIA ARTÍSTICA," está repleto de insights e conhecimentos profundos sobre como a IA está transformando o cenário artístico.

Queremos compartilhar esse tesouro de informações com você!

Basta preencher o formulário abaixo para baixar o e-book e começar a jornada de descoberta:

Mas espere, há mais! Além de receber seu e-book, convidamos você a mergulhar em nossos cursos que abrangem a interseção empolgante entre a criatividade e a IA. Prepare-se para expandir seus horizontes e criar de maneira inovadora.

Não perca a oportunidade de explorar a IA e suas possibilidades artísticas. Preencha o formulário e desbloqueie o acesso ao e-book e ao mundo de criatividade que o espera!

×

Regulamento da Campanha – ABRA.ia – Inteligência Artística

ABRA IA – Inteligência Artística

Em uma era digital mergulhe na sua criatividade
Período 01/08/2023 até 30/09/2023

 

1. Bolsas de estudo integrais para indicações:

Os participantes que comprarem um curso presencial e indicarem outra pessoa que também efetuar a compra de um curso presencial serão elegíveis para receber uma bolsa de estudo integral para um curso rápido de sua escolha de acordo com disponibilidade de vagas e datas de início.
Tanto o participante que realizou a indicação quanto o indicado à bolsa de estudo. A bolsa de estudos será concedida após a confirmação do pagamento e matrícula dos dois participantes indicados. Os ganhadores receberão um comunicado da escola informando a disponibilidade da bolsa, assim como os cursos disponíveis e datas de início para a escolha. 

 

2. Compre e Leve: curso de História da Arte online:

Os participantes que adquirirem o Kit de material da ABRA terão como brinde um curso online de História da Arte. O curso online será disponibilizado em até 3 dias úteis após a confirmação do pagamento do Kit de material, a) caso a aquisição seja de um curso de história da arte, deve ser oferecido outro curso equivalente.

 

3. Desconto de 60% em todos os cursos online:

Durante o período da campanha, todos os cursos online terão um desconto de 60% sobre o valor regular.Os participantes poderão se inscrever em quantos cursos online desejarem com o
desconto aplicado. 

 

4. Compre um curso e ganhe outro:

Os 200 primeiros participantes que adquirirem cursos online, terão como brinde acesso a um segundo curso à sua escolha que deverá seguir alguns critérios que são: a) é limitado a 1 curso por pessoa b) a campanha se estenderá até atingir o número de pessoas da estipulado, não tendo prazo definido para encerramento c) caso no período de 60 dias correspondentes a campanha não atinja a quantidade de 200 participantes todos que adquiriram serão contemplados d) é de responsabilidade do participante acompanhar seu e-mail para receber as informações relativas à campanha e) a ABRA não se responsabiliza com a perda de informações enviadas f) o participante que não enviar a opção de curso até a data estabelecida terá seu benefício cancelado. g) o e-mail solicitando a escolha do seu próximo curso será enviado em até 7 dias úteis após a confirmação do pagamento do primeiro curso, através do e-mail disponibilizado na hora da compra h)O acesso ao segundo curso só será disponibilizado após o envio da escolha do curso que siga os critérios descritos neste parágrafo. i) o
prazo para receber o acesso dos cursos é 30/09/2023 j) lista com todos os ganhadores será disponibilizada apenas no fim da campanha. É de responsabilidade do participante acompanhar seu e-mail para receber as informações relativas à campanha. O prazo de resgate da oferta é de 60 dias.

 

5. Bolsa integral de curso online para ação social:

A cada curso presencial adquirido, a ABRA vai disponibilizar uma bolsa integral do curso online História da Arte para um aluno matriculado na rede estadual de ensino médio. A seleção dos alunos beneficiados será realizada em parceria com instituições de educação parceiras. As bolsas serão disponibilizadas ao final da campanha para a instituição de ensino escolhida.