fbpx

Pensar em projetar qualquer ambiente, seja ele de trabalho ou descanso, envolve uma atenção especial à iluminação. Isso ocorre porque ela precisa estar adequada para atender plenamente às necessidades dos usuários daquele recinto. Para isso, deve-se desenvolver um projeto luminotécnico, que será o tema deste artigo.

O que é um projeto luminotécnico? 

Projetar um ambiente não é apenas sobre definir os objetos presentes, cores de tinta, decoração em geral, pois para que haja o resultado ideal de todos estes elementos, a iluminação precisa estar em harmonia com os demais elementos.

E é justamente aí que entra o projeto luminotécnico, cujo objetivo é conciliar a luz natural e artificial de forma a proporcionar o máximo conforto, funcionalidade e economia. Contudo, para alcançar esse objetivo, é necessário considerar o espaço como um todo e todas as funções que serão desempenhadas nele.

O projeto geralmente é dividido em sistema principal e secundário. Essa divisão ocorre porque o primeiro é elaborado com um enfoque mais amplo e funcional, visando atender às necessidades básicas do ambiente. Enquanto isso, o segundo é responsável pela criação de uma atmosfera planejada para o local.

O que é essencial em um projeto luminotécnico?  

Sempre que se desenvolve um projeto deste tipo, algumas coisas precisam ser levadas em conta como:

  1. Estética – Primeiramente ela precisa estar de acordo com o projeto arquitetônico. Nesta parte se analisam características da arquitetura, definindo e destacando pontos de interesse, como texturas, volumes e formas. Este destaque não é somente feito pela quantidade de luz, mas também pela forma como ela é aplicada, seja de maneira mais suave e homogênea ou com mais contrastes e sombras; 
  2. Funcionalidade – Junto à questão estética, o projeto luminotécnico precisa dar total atenção a funcionalidade. Ou seja, conforme as tarefas feitas no local, aplicar de maneira funcional a fonte de luz, tonalidade de cor, quantidade e distribuição da iluminação. Tudo isso sem esquecer do conforto visual do usuário, evitando, por exemplo, ofuscamentos e reflexos; 
  3. Eficiência energética – significa colocar a quantidade de luz necessária, sem excessos e optar por tecnologias de iluminação eficientes e sustentáveis. O objetivo é evitar gastos desnecessários com o consumo energético. Deve-se considerar também os controles de acendimento, escolhendo aqueles que contribuam melhor para a economia. Por exemplo: sensores de presença para locais com trânsito de pessoas.

Tipos de iluminação para ambiente 

Fazer um projeto luminotécnico exige um bom conhecimento sobre os tipos de iluminação que podem ser colocadas no ambiente. Elas se dividem em iluminação difusa, direta e indireta e falaremos abaixo sobre cada uma delas.

1 – Iluminação difusa 

Trata-se do tipo mais tradicional e responsável pela iluminação geral do ambiente. Se caracteriza por lâmpadas no teto, que podem estar centralizadas ou distribuídas uniformemente. Sua função é iluminar o espaço de maneira igual e não produzir contrastes, o que faz com que seja uma luz confortável.

Exemplo de iluminação difusa

Em suma, atende às necessidades gerais do ambiente, mas deixa a desejar em áreas específicas que requerem maior iluminância.

2 – Iluminação direta 

Trata-se daquela direcionada para um espaço ou objeto. Para obtê-la, normalmente se usa uma luminária ou abajur, ou mesmo a própria lâmpada de teto, quando essa possui um feixe direcionado. A iluminação direta divide-se em:

Exemplo de iluminação direta

  • Iluminação de tarefa – quando é voltada para a execução de algum tipo de trabalho ou focar em algum ambiente. É bastante comum em áreas de trabalho e também na cozinha; 
  • Iluminação de destaque – serve principalmente para destacar algum elemento decorativo, como estátuas, objetos ou pinturas. Seu uso também é bastante comum no comércio, pois as lojas utilizam para colocar em evidência vitrines, gôndolas ou araras; 
  • Luz de efeito – Trata-se de um tipo muito específico de iluminação que visa fazer jogo de luz e sombra. O grande diferencial dela é que, neste caso, o mais importante é a luz. 

3 – Iluminação indireta 

Por fim, temos um tipo de iluminação muito usada em ambientes exteriores e para descanso. Ela funciona da seguinte forma: o fluxo luminoso rebate em uma superfície com alta refletância, antes de se espalhar pelo ambiente.

Exemplo de iluminação indireta e o aspecto intimista que ela dá

Também pode ser chamada de luz arquitetônica, quando a superfície refletora está integrada no projeto arquitetônico como sancas de gesso, rasgos e corrimões, escadas, espelhos e fachadas. Esse tipo de iluminação permite que a luz seja uniformemente distribuída pela superfície e não produz ofuscamento, produzindo um efeito mais intimista.

Dicas para um bom projeto luminotécnico 

Com posse de todas as informações importantes sobre o projeto e os tipos de iluminação, podemos trazer algumas dicas valiosas para um bom projeto:

  1. Estudar com atenção os ambientes para saber quais serão seus usos; 
  2. A partir disso, definir os tipos de iluminação ideais para cada um deles; 
  3. Escolher lâmpadas e luminárias, sempre tendo em mente que o conjunto delas pode alterar a quantidade de luz, pois muitas das luminárias diminuem o fluxo luminoso emitido, o que pode afetar o resultado final, colocando um ambiente que não tem luz suficiente para executar o que é necessário; 
  4. Garantir que haja uma distribuição uniforme de luz e não tenha o risco de ofuscamento. Dessa forma, você atinge o ideal de um bom projeto luminotécnico, que é o conforto luminoso, em que o olho faz o mínimo de esforço possível de adaptação. 

Aprenda Design de Interiores na ABRA

Gostou destas curiosidades? E que tal se fosse possível fazer um curso acadêmico completo, com acompanhamento individualizado e infraestrutura de ponta em nossa sede?

A ABRA oferece o “Curso Técnico em Design de Interiores” na modalidades presencial. Em nosso curso você entenderá sobre luz e sombra e as melhoras formas de fazer um bom projeto.

Conheça os benefícios e metodologias dos cursos presenciais e faça sua matrícula agora mesmo!

Autoria: Departamento de Pesquisa e Cultura ABRA

×

Curioso(a) para desvendar os segredos da Inteligência Artística? Nosso e-book exclusivo, "EXPLORANDO O MUNDO DA IA - INTELIGÊNCIA ARTÍSTICA," está repleto de insights e conhecimentos profundos sobre como a IA está transformando o cenário artístico.

Queremos compartilhar esse tesouro de informações com você!

Basta preencher o formulário abaixo para baixar o e-book e começar a jornada de descoberta:

Mas espere, há mais! Além de receber seu e-book, convidamos você a mergulhar em nossos cursos que abrangem a interseção empolgante entre a criatividade e a IA. Prepare-se para expandir seus horizontes e criar de maneira inovadora.

Não perca a oportunidade de explorar a IA e suas possibilidades artísticas. Preencha o formulário e desbloqueie o acesso ao e-book e ao mundo de criatividade que o espera!

×

Regulamento da Campanha – ABRA.ia – Inteligência Artística

ABRA IA – Inteligência Artística

Em uma era digital mergulhe na sua criatividade
Período 01/08/2023 até 30/09/2023

 

1. Bolsas de estudo integrais para indicações:

Os participantes que comprarem um curso presencial e indicarem outra pessoa que também efetuar a compra de um curso presencial serão elegíveis para receber uma bolsa de estudo integral para um curso rápido de sua escolha de acordo com disponibilidade de vagas e datas de início.
Tanto o participante que realizou a indicação quanto o indicado à bolsa de estudo. A bolsa de estudos será concedida após a confirmação do pagamento e matrícula dos dois participantes indicados. Os ganhadores receberão um comunicado da escola informando a disponibilidade da bolsa, assim como os cursos disponíveis e datas de início para a escolha. 

 

2. Compre e Leve: curso de História da Arte online:

Os participantes que adquirirem o Kit de material da ABRA terão como brinde um curso online de História da Arte. O curso online será disponibilizado em até 3 dias úteis após a confirmação do pagamento do Kit de material, a) caso a aquisição seja de um curso de história da arte, deve ser oferecido outro curso equivalente.

 

3. Desconto de 60% em todos os cursos online:

Durante o período da campanha, todos os cursos online terão um desconto de 60% sobre o valor regular.Os participantes poderão se inscrever em quantos cursos online desejarem com o
desconto aplicado. 

 

4. Compre um curso e ganhe outro:

Os 200 primeiros participantes que adquirirem cursos online, terão como brinde acesso a um segundo curso à sua escolha que deverá seguir alguns critérios que são: a) é limitado a 1 curso por pessoa b) a campanha se estenderá até atingir o número de pessoas da estipulado, não tendo prazo definido para encerramento c) caso no período de 60 dias correspondentes a campanha não atinja a quantidade de 200 participantes todos que adquiriram serão contemplados d) é de responsabilidade do participante acompanhar seu e-mail para receber as informações relativas à campanha e) a ABRA não se responsabiliza com a perda de informações enviadas f) o participante que não enviar a opção de curso até a data estabelecida terá seu benefício cancelado. g) o e-mail solicitando a escolha do seu próximo curso será enviado em até 7 dias úteis após a confirmação do pagamento do primeiro curso, através do e-mail disponibilizado na hora da compra h)O acesso ao segundo curso só será disponibilizado após o envio da escolha do curso que siga os critérios descritos neste parágrafo. i) o
prazo para receber o acesso dos cursos é 30/09/2023 j) lista com todos os ganhadores será disponibilizada apenas no fim da campanha. É de responsabilidade do participante acompanhar seu e-mail para receber as informações relativas à campanha. O prazo de resgate da oferta é de 60 dias.

 

5. Bolsa integral de curso online para ação social:

A cada curso presencial adquirido, a ABRA vai disponibilizar uma bolsa integral do curso online História da Arte para um aluno matriculado na rede estadual de ensino médio. A seleção dos alunos beneficiados será realizada em parceria com instituições de educação parceiras. As bolsas serão disponibilizadas ao final da campanha para a instituição de ensino escolhida.