Enviando Formulário...

Dentro do mundo da moda, o nome de Stella McCartney é dos mais respeitados. Apesar de em um primeiro momento fazermos a óbvia associação ao seu pai, o lendário ex-Beatle, ela conseguiu conquistar seu próprio espaço, com diversos feitos notáveis dentro da alta costura. 

Hoje contaremos um pouco mais sobre sua trajetória, assim como seu ativismo, já que suas roupas não levam nenhum componente animal, como couro ou pele.

A tentativa de infância normal e as inspirações de Stella McCartney

Vivendo sobre constante holofote da mídia, o casal Paul e Linda McCartney buscava levar uma vida comum. Eles também desejavam isso para os filhos, tanto que todos eles frequentaram durante a infância várias escolas estaduais em East Sussex, no interior da Inglaterra. 

Junto a essa criação, temos uma forte influência dos valores da mãe em sua vida. Isso porque Linda era vegetariana e ativista dos direitos dos animais, assim como Stella é, na sua vida pessoal e profissional. Ainda que tenha passado por um período de vida mais comum, aos 15 anos ela já fez seu primeiro estágio, quando foi trabalhar na linha de alta costura de Christian Lacroix.

Posteriormente, ela deixa o ensino público para ingressar na prestigiada Central Saint Martins, em Londres. 

A formatura em grande estilo e o primeiro desafio profissional

Stella McCartney veio a concluir seus estudos em 1995, aos 23 anos. E sua formatura representou uma espécie de “lançamento” para a alta costura, pois contou com uma grande apresentação e a presença da famosa top model Naomi Campbel.

 

Naomi Campbell desfilando na graduação de Stella. Crédito: Rex Features

Rapidamente ela ganhou notoriedade na alfaiataria feminina, chegando a trabalhar por um curto período com Tom Ford, na Gucci. Em 1997 veio a primeira grande oportunidade profissional, pois ela foi contratada como diretora criativa da Chloé, ocupando o lugar que era de Karl Lagerfeld. 

Havia ali um grande desafio de revitalização da marca, intenção da Vendôme Luxury Group ao contratá-la. Entretanto, a escolha chocou o próprio Lagerfeld, que mostrou ceticismo ao falar de sua substituta:

“Deviam ter escolhido um nome maior. Eles fizeram, mas na música, e não na moda. Vamos torcer para que ela seja tão talentosa quanto o pai”.

O ceticismo não era apenas dele, mas de diversos analistas da época. Ainda Assim, a escolha rapidamente provou-se acertada pois sua primeira coleção, com saias rendadas e camisolas delicadas, silenciou os críticos e fez com que as vendas aumentassem de forma considerável. 

Além disso, ela também trouxe para a marca uma maior presença de celebridades em suas campanhas. Isso tinha muito a ver com seu relacionamento próximo com famosos, tanto clientes, como amigos. 

A parceria de Stella McCartney com a Gucci 

O ano de 2001 marcou um novo ciclo na ainda curta carreira de Stella. Após longas negociações com o conglomerado italiano de artigos de luxo Gucci (propriedade da PPR, depois renomeada Kering) anunciou que participaria de uma joint venture para lançar uma nova marca de design produzida sob o nome de McCartney.

Desfile da primeira coleção de Stella. Crédito: Thomas Coex/AFP/Getty Images

Este acordo é bastante emblemático, pois até então a Gucci sempre teve couro e peles como elementos centrais de suas criações. Contudo, uma das exigências de Stella (e aceita pela marca) é que nenhum destes elementos seriam usados nas criações. Sua primeira coleção foi apresentada em Paris no mesmo ano e a colocou definitivamente no hall das grandes estilistas modernas.

Posteriormente tivemos outros importantes lançamentos de sua marca. Entre os principais, podemos destacar:

  • O perfume “Stella”, que chegou ao mercado em 2003;
  • A parceria de roupas esportivas Adidas by Stella McCartney, lançada em setembro de 2004 e que continua até os dias de hoje;
  • Uma linha de produtos orgânicos para cuidados com a pele, em 2007;
  • A primeira coleção de lingerie da marca, em 2008;

Já em 2009 contamos com dois importantes lançamentos: a icônica bolsa Falabella, que se distingue por uma trança detalhe de corrente (este acessório vegano agora é um dos itens mais vendidos da grife) e sua primeira coleção de roupas infantis para a varejista Gap Inc. Em 2011, Stella anunciou o lançamento de seus óculos ecológicos.

A histórica participação na Olimpíadas e trabalhos mais recentes

A parceria com a Adidas rendeu um momento histórico para os Jogos Olímpicos. O motivo é que até as Olimpíadas de 2012, nunca nenhum estilista de renome havia projetado roupas para a delegação de um país. Ela foi pioneira ao se tornar a diretora criativa da equipe da Grã-Bretanha para os jogos de Londres. O sucesso foi tanto, que a parceria se repetiu também em 2016, no Rio de Janeiro.

Uniformes da olimpíada de 2012 da Grã-Bretanha. Crédito: Manchester Evening News

Sua marca seguia trazendo novidades e ainda em 2016 ela lançou a nova fragrância “POP” e revelou sua primeira coleção completa de moda praia. Um ano depois, na primavera, veio a primeira coleção de moda masculina. Já em 18 ela projetou o primeiro Stan Smith vegano.

O ano de 2018 também foi o momento que Stella McCartney passou a ser a única dona de sua marca, após comprar os 50% da participação da Kering. Entretanto isso durou apenas um ano, pois em 19 ela firmou uma parceria com a LVMH Moët Hennessy–Louis Vuitton, a maior empresa de produtos de luxo do mundo. Só que como parte do acordo, ela manteve uma participação majoritária em sua marca.

Atualmente sua marca tem alcance mundial, comercializada em mais de 860 pontos de venda, espalhados em 77 países.

Stella McCartney e a sustentabilidade

Separamos um capítulo especial para destacar a importância da atuação de Stella na sustentabilidade dentro do mundo da moda. Talvez o primeiro grande momento tenha sido quando ela fez a parceria com a Gucci, pois isto quebrou um pouco o paradigma da necessidade de elementos de origem animal na alta costura.

Além da sua parceria e apoio a diversas ONGs que defendem os animais, ela também trouxe muitas inovações para o mundo da moda. Por exemplo: Desde 2010, todos os sapatos da sua marca usam solas biodegradáveis. Além disso, sua linha de lingerie é feita com materiais reciclados (para fivelas e fechos) e algodão orgânico.

Ela ainda conta com outros feitos notáveis dentro desta área como:

  • Sua marca usa apenas Caxemira Regenerada;
  • Toda a viscose usada nos produtos Stella McCartney é sustentável para ajudar a prevenir o desmatamento;
  • Lançou as primeiras roupas e bolsas de couro de micélio (elemento presente no cogumelo) “Mylo” do mundo;
  • Lançou a primeira chuteira vegana do mundo, em colaboração com Adidas e Paul Pogba.

Sua marca desde o início mostra-se como pioneira na sustentabilidade, sendo referência inclusive para outras produções do tipo mundo afora.

Aprenda Moda e Estilismo na ABRA 

Gostou destas curiosidades? E que tal se fosse possível fazer um curso acadêmico completo, com acompanhamento individualizado e infraestrutura de ponta em nossa sede ou no conforto de sua casa?

A ABRA oferece diversos cursos sobre moda e estilismo nas modalidades presenciais, online e EAD ao vivo. Conheça agora mesmo os benefícios e metodologias dos cursos presenciais clicando aqui e faça sua matrícula agora mesmo!

Autoria: Departamento de Pesquisa e Cultura ABRA

 

×

Curioso(a) para desvendar os segredos da Inteligência Artística? Nosso e-book exclusivo, "EXPLORANDO O MUNDO DA IA - INTELIGÊNCIA ARTÍSTICA," está repleto de insights e conhecimentos profundos sobre como a IA está transformando o cenário artístico.

Queremos compartilhar esse tesouro de informações com você!

Basta preencher o formulário abaixo para baixar o e-book e começar a jornada de descoberta:

Mas espere, há mais! Além de receber seu e-book, convidamos você a mergulhar em nossos cursos que abrangem a interseção empolgante entre a criatividade e a IA. Prepare-se para expandir seus horizontes e criar de maneira inovadora.

Não perca a oportunidade de explorar a IA e suas possibilidades artísticas. Preencha o formulário e desbloqueie o acesso ao e-book e ao mundo de criatividade que o espera!

×

Regulamento da Campanha – ABRA.ia – Inteligência Artística

ABRA IA – Inteligência Artística

Em uma era digital mergulhe na sua criatividade
Período 01/08/2023 até 30/09/2023

 

1. Bolsas de estudo integrais para indicações:

Os participantes que comprarem um curso presencial e indicarem outra pessoa que também efetuar a compra de um curso presencial serão elegíveis para receber uma bolsa de estudo integral para um curso rápido de sua escolha de acordo com disponibilidade de vagas e datas de início.
Tanto o participante que realizou a indicação quanto o indicado à bolsa de estudo. A bolsa de estudos será concedida após a confirmação do pagamento e matrícula dos dois participantes indicados. Os ganhadores receberão um comunicado da escola informando a disponibilidade da bolsa, assim como os cursos disponíveis e datas de início para a escolha. 

 

2. Compre e Leve: curso de História da Arte online:

Os participantes que adquirirem o Kit de material da ABRA terão como brinde um curso online de História da Arte. O curso online será disponibilizado em até 3 dias úteis após a confirmação do pagamento do Kit de material, a) caso a aquisição seja de um curso de história da arte, deve ser oferecido outro curso equivalente.

 

3. Desconto de 60% em todos os cursos online:

Durante o período da campanha, todos os cursos online terão um desconto de 60% sobre o valor regular.Os participantes poderão se inscrever em quantos cursos online desejarem com o
desconto aplicado. 

 

4. Compre um curso e ganhe outro:

Os 200 primeiros participantes que adquirirem cursos online, terão como brinde acesso a um segundo curso à sua escolha que deverá seguir alguns critérios que são: a) é limitado a 1 curso por pessoa b) a campanha se estenderá até atingir o número de pessoas da estipulado, não tendo prazo definido para encerramento c) caso no período de 60 dias correspondentes a campanha não atinja a quantidade de 200 participantes todos que adquiriram serão contemplados d) é de responsabilidade do participante acompanhar seu e-mail para receber as informações relativas à campanha e) a ABRA não se responsabiliza com a perda de informações enviadas f) o participante que não enviar a opção de curso até a data estabelecida terá seu benefício cancelado. g) o e-mail solicitando a escolha do seu próximo curso será enviado em até 7 dias úteis após a confirmação do pagamento do primeiro curso, através do e-mail disponibilizado na hora da compra h)O acesso ao segundo curso só será disponibilizado após o envio da escolha do curso que siga os critérios descritos neste parágrafo. i) o
prazo para receber o acesso dos cursos é 30/09/2023 j) lista com todos os ganhadores será disponibilizada apenas no fim da campanha. É de responsabilidade do participante acompanhar seu e-mail para receber as informações relativas à campanha. O prazo de resgate da oferta é de 60 dias.

 

5. Bolsa integral de curso online para ação social:

A cada curso presencial adquirido, a ABRA vai disponibilizar uma bolsa integral do curso online História da Arte para um aluno matriculado na rede estadual de ensino médio. A seleção dos alunos beneficiados será realizada em parceria com instituições de educação parceiras. As bolsas serão disponibilizadas ao final da campanha para a instituição de ensino escolhida.