fbpx

O final do século XIX e o início do século XX foram momentos de efervescência artística, com muitos movimentos surgindo pelo mundo. Entre eles, destacamos o neoimpressionismo, tendo Georges Seurat como seu precursor. Tudo teve início com sua obra mais importante, intitulada “Uma Tarde de Domingo na Ilha de Grande Jatte”.

Além de ser o pontapé inicial no movimento que veio para substituir o impressionismo (que Seurat fazia parte), ele também trouxe uma técnica inovadora para a época: o pontilhismo.

Hoje, vamos falar um pouco mais sobre ela e explicar o conceito por trás do pontilhismo.

Análise de Tarde de Domingo na Ilha de Grand Jatte 

Primeiramente, vale mencionar o tamanho impressionante da obra, que mede 207,6 cm × 308 cm. Georges Seurat a pintou entre 1884 e 1886, e esse processo envolveu um extenso estudo antes de chegar à pintura final que conhecemos. Para compreender melhor, ele produziu cerca de 23 esboços e 38 telas preliminares.

Georges Seurat, Tarde de domingo en la isla de la Grande Jatte. Óleo sobre  tela, 1884 - Departamento de Educación Departamento de Educación

Durante esse período de estudo e início da produção, Georges Seurat passou seis meses visitando a ilha diariamente. Ele pintava a paisagem nos dias de menor movimento e as figuras humanas nos fins de semana e feriados, tudo isso com o propósito de posteriormente incorporá-las à obra final. O resultado é uma pintura que retrata 48 pessoas, 8 barcos, 3 cães e 1 macaco.

Dentro deste grande número de pessoas temos diversas situações interessantes que merecem menção:

  • A mulher com a criança, que está centralizada na obra, é a única a estar vindo em direção ao espectador. Apesar de quase todas as pessoas estarem com roupas coloridas, o fato de ela e a criança estarem de branco, lhes dão um destaque;
  • Há um único macaco em toda a obra. Pode parecer estranho aos nossos olhos, mas na época, era bastante comum as pessoas terem macacos-prego como animais de estimação. No entanto, há uma mensagem subliminar de Seurat nisso. Isso se deve ao fato de que, na gíria da época, a palavra feminina para macaco era usada para se referir a prostitutas. Portanto, ele quis insinuar que a mulher retratada na pintura era uma profissional que estava saindo com um cliente. Vale ressaltar que, além disso, Seurat também tinha um gosto pessoal por macacos, o que poderia explicar sua escolha na composição da obra.
  • O caso da mulher pescando é similar, pois como era proibida a prostituição na época, muitas disfarçavam com atitudes menos suspeitas;
  • A escolha pela repetição de alguns padrões nas pessoas pintadas pode indicar uma sensação de ritmo. Contudo, também pode ser uma coincidência, já que falamos de vestimentas comuns para dias no parque (como sombrinhas, por exemplo).

A Técnica do pontilhismo 

Para preparar a tela para a obra, Seurat começa a pintura cobrindo a tela com uma camada de fundo e depois retorna a cada área para trabalhar em detalhes. Isso também explica a quantidade de esboços e telas preliminares. Além disso, diferente da representação naturalista da cena, comum no impressionismo, pode-se notar uma busca pela harmonia das cores e o efeito que isso teria sobre o espectador. Isso já mostrava tendências que seriam vistas no neo-impressionismo.

Agora, vamos observar mais a fundo o pontilhismo. Trata-se de uma técnica desenvolvida pelo próprio Georges Seurat, a partir de experimentações feitas pelos impressionistas. O fato de ter sido vista pela primeira vez justamente no Tarde de Domingo na Ilha de Grand Jatte, que faz a obra ser tão revolucionária.

A técnica tem um entendimento bem simples, pois implica aplicar inúmeros pontos de cor pura na tela. Dessa forma, esses pontos se fundem na mente do espectador. Em vez de misturar as cores da paleta diretamente na tela, é o próprio olho que faz essa mescla para nós. Para alcançar esse efeito, basta que o espectador observe a obra de uma certa distância, e assim ocorrerá essa “fusão”.

Contrariamente ao que muitos podem imaginar Georges Seurat não criava as figuras utilizando apenas uma cor. Por exemplo, o verde brilhante da grama iluminada pelo sol é composto por pontos de amarelo e laranja, enquanto as áreas de sombra são compostas por azul e rosa.

Onde está a obra atualmente?

Um fato curioso é que “Tarde de Domingo na Ilha de Grande Jatte” não foi bem aceita inicialmente e acabou sendo comprada por um empresário estadunidense, que a presenteou a sua filha. Apesar dos esforços da França para tentar recuperá-la, a obra permanece até hoje no Art Institute Of Chicago. 

Aprenda Pintura na ABRA

Você conhecia a técnica do pontilhismo? E o que acha de poder aprender mais sobre a aplicação das cores e poder criar suas próprias obras a partir das experiências de grandes mestres? Pensando nisso, que a ABRA oferece o curso presencial de “Teoria e Aplicação das Cores”

Através do nosso curso, além da aplicação intuitiva (que muitos artistas já possuem), também será possível aliar isso a entender aspectos físicos da cor conhecer os experimentos cromáticos de grandes estudiosos e saber como preparar e aplicar as cores. Tudo isso será de grande ajuda no desenvolvimento do processo criativo.

Conheça agora mesmo os benefícios e metodologias dos cursos clicando aqui e faça a sua matrícula agora mesmo!

Autoria: Departamento de Pesquisa e Cultura ABRA

 

×

Curioso(a) para desvendar os segredos da Inteligência Artística? Nosso e-book exclusivo, "EXPLORANDO O MUNDO DA IA - INTELIGÊNCIA ARTÍSTICA," está repleto de insights e conhecimentos profundos sobre como a IA está transformando o cenário artístico.

Queremos compartilhar esse tesouro de informações com você!

Basta preencher o formulário abaixo para baixar o e-book e começar a jornada de descoberta:

Mas espere, há mais! Além de receber seu e-book, convidamos você a mergulhar em nossos cursos que abrangem a interseção empolgante entre a criatividade e a IA. Prepare-se para expandir seus horizontes e criar de maneira inovadora.

Não perca a oportunidade de explorar a IA e suas possibilidades artísticas. Preencha o formulário e desbloqueie o acesso ao e-book e ao mundo de criatividade que o espera!

×

Regulamento da Campanha – ABRA.ia – Inteligência Artística

ABRA IA – Inteligência Artística

Em uma era digital mergulhe na sua criatividade
Período 01/08/2023 até 30/09/2023

 

1. Bolsas de estudo integrais para indicações:

Os participantes que comprarem um curso presencial e indicarem outra pessoa que também efetuar a compra de um curso presencial serão elegíveis para receber uma bolsa de estudo integral para um curso rápido de sua escolha de acordo com disponibilidade de vagas e datas de início.
Tanto o participante que realizou a indicação quanto o indicado à bolsa de estudo. A bolsa de estudos será concedida após a confirmação do pagamento e matrícula dos dois participantes indicados. Os ganhadores receberão um comunicado da escola informando a disponibilidade da bolsa, assim como os cursos disponíveis e datas de início para a escolha. 

 

2. Compre e Leve: curso de História da Arte online:

Os participantes que adquirirem o Kit de material da ABRA terão como brinde um curso online de História da Arte. O curso online será disponibilizado em até 3 dias úteis após a confirmação do pagamento do Kit de material, a) caso a aquisição seja de um curso de história da arte, deve ser oferecido outro curso equivalente.

 

3. Desconto de 60% em todos os cursos online:

Durante o período da campanha, todos os cursos online terão um desconto de 60% sobre o valor regular.Os participantes poderão se inscrever em quantos cursos online desejarem com o
desconto aplicado. 

 

4. Compre um curso e ganhe outro:

Os 200 primeiros participantes que adquirirem cursos online, terão como brinde acesso a um segundo curso à sua escolha que deverá seguir alguns critérios que são: a) é limitado a 1 curso por pessoa b) a campanha se estenderá até atingir o número de pessoas da estipulado, não tendo prazo definido para encerramento c) caso no período de 60 dias correspondentes a campanha não atinja a quantidade de 200 participantes todos que adquiriram serão contemplados d) é de responsabilidade do participante acompanhar seu e-mail para receber as informações relativas à campanha e) a ABRA não se responsabiliza com a perda de informações enviadas f) o participante que não enviar a opção de curso até a data estabelecida terá seu benefício cancelado. g) o e-mail solicitando a escolha do seu próximo curso será enviado em até 7 dias úteis após a confirmação do pagamento do primeiro curso, através do e-mail disponibilizado na hora da compra h)O acesso ao segundo curso só será disponibilizado após o envio da escolha do curso que siga os critérios descritos neste parágrafo. i) o
prazo para receber o acesso dos cursos é 30/09/2023 j) lista com todos os ganhadores será disponibilizada apenas no fim da campanha. É de responsabilidade do participante acompanhar seu e-mail para receber as informações relativas à campanha. O prazo de resgate da oferta é de 60 dias.

 

5. Bolsa integral de curso online para ação social:

A cada curso presencial adquirido, a ABRA vai disponibilizar uma bolsa integral do curso online História da Arte para um aluno matriculado na rede estadual de ensino médio. A seleção dos alunos beneficiados será realizada em parceria com instituições de educação parceiras. As bolsas serão disponibilizadas ao final da campanha para a instituição de ensino escolhida.